CBA Alumínio

Sustentabilidade e ASI na CBA

Por que ASI?

ASI (Aluminium Stewardship Initiative) é resultado do compromisso conjunto de stakeholders da cadeia de valor do alumínio para ampliar a contribuição da indústria para uma sociedade mais sustentável.

O Programa de Certificação da ASI avalia todas as etapas da cadeia de valor do alumínio, desde a mineração de bauxita até a fabricação dos produtos finais, com o objetivo de atestar as empresas que produzem alumínio de forma social e ambientalmente responsável.
 

A instituição considera em sua análise os princípios de gestão da empresa dentro de três pilares: Governança, Meio Ambiente e Social.

  • No aspecto da Governança, são avaliados: integridade nos negócios; as políticas da empresa; transparência e ainda a gestão de processo e produto;

  • Com relação ao Meio Ambiente, são analisados entre outros itens, emissão de gases de efeito estufa; emissões, efluentes e resíduos; a gestão da água e a biodiversidade.

  • No pilar Social, são aferidos aspectos de direitos humanos, trabalhistas e de saúde e segurança ocupacional. A jornada para obtermos a certificação ASI teve início em 2017, quando nos associamos à instituição.

Em 2018, foi realizada uma avaliação interna abrangente sobre nosso sistema de gestão e produção, alinhando nossas práticas às da ASI.

Em nossa primeira auditoria, já obtivemos a certificação por Padrão de Performance, dentro da maior maturidade possível frente às normas da ASI.

 

<< voltar

Sustentabilidade CBA

Nossa estratégia de sustentabilidade parte da constatação de quatro megatendências, que influenciarão as empresas ao longo dos próximos anos e que representam desafios importantes para os negócios nas próximas décadas. São elas: Planeta sob pressão, Hipertransparência nas relações, Diversificação da matriz energética e Mudança no padrão de produção.

A partir dessas megatendências, #nossaCBA definiu oito temas estratégicos para o atingimento dos objetivos de longo prazo de nossas operações, que foram materializados em iniciativas e metas com prazo de resolução até 2025.
 

Em busca de uma operação que reflita esse compromisso, implantamos soluções que representam uma evolução significativa para garantirmos processos sustentáveis na operação. A seguir, destacamos algumas delas:

  • Disposição a seco por meio da implantação de filtros-prensa na barragem de resíduo de alumínio, projeto que torna nossa barragem ainda mais segura, eliminará a disposição do resíduo na forma de lama, aumentará a vida útil do reservatório e permitirá a recuperação e reaproveitamento de água e insumos no processo de refino da bauxita;

  • O projeto Green Soderberg, que levará à redução das emissões atmosféricas e do consumo de água utilizado para tratamento dos gases, tornando nosso alumínio ainda mais competitivo do ponto de vista ambiental;

  • Mineração sustentável - Desde 2008, desenvolvemos um modelo de restauração do solo e preservação da biodiversidade. Por meio de parcerias com Universidades, criamos novas práticas para qualificar os processos de reabilitação ambiental das áreas mineradas, que proporcionam sua reintegração à paisagem da região em condições melhores do que antes da mineração.