CBA Alumínio

jan ter, 2022

Certificação internacional reconhece a sustentabilidade na fábrica de produtos transformados da empresa em Itapissuma (PE), sob o Padrão de Cadeia de Custódia

 

São Paulo, 20 de dezembro de 2021 – A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) acaba de conquistar a certificação internacional ASI (Aluminium Stewardship Initiative) no Padrão de Cadeia de Custódia (CoC) para a Unidade Itapissuma, em Pernambuco, adquirida em 2020 pela Empresa para aumentar sua relevância no mercado de produtos transformados de alumínio nas Américas. A planta, que produz chapas e folhas para uso em diversos setores, incluindo os de embalagens e automotivo, já havia sido certificada no Padrão de Performance da ASI, no início de 2021.

 

Além da certificação recém obtida, a CBA possui a certificação ASI nos Padrões de Performance e de Cadeia de Custódia (CoC) em três unidades de mineração de bauxita no estado de Minas Gerais; em uma planta industrial totalmente integrada – da alumina até o produto final – no município de Alumínio (SP), em seu escritório corporativo em São Paulo, bem como para todos os tipos de produtos em seu portfólio: tarugos, lingotes, chapas, laminados e perfis extrudados, anodizados e pintados. “Somos a primeira empresa brasileira a certificar todo o processo produtivo nos Padrões de Performance e de Cadeia de Custódia da ASI e estamos entre os primeiros produtores de alumínio nas Américas obter as duas certificações ao mesmo tempo em todas as etapas”, destaca Ricardo Carvalho, diretor-presidente da CBA. “A conquista desta nova certificação, em Itapissuma, demonstra nosso compromisso com a sustentabilidade e nos coloca em uma posição ainda mais competitiva no mercado global de alumínio, gerando valor para clientes e fornecedores atendidos por essa Unidade, bem como para as comunidades do entorno e para todos os nossos stakeholders, que também se beneficiam das boas práticas reconhecidas por uma organização como a ASI”, completa.

 

Processo de certificação ASI

O programa de Certificação ASI, desenvolvido em 2017, tem o objetivo de atestar as empresas que produzem alumínio de forma social e ambientalmente responsável e é a única iniciativa global de sustentabilidade com adesão voluntária na indústria do alumínio. A auditoria independente no processo de certificação da CBA foi realizada pela DNV GL.

 

O Padrão de Performance define princípios e critérios ambientais, sociais e de governança, com foco na sustentabilidade em todas as etapas da cadeia de valor do alumínio. Já o Padrão CoC ASI, complementar ao de Performance, estabelece os requisitos para a criação de uma Cadeia de Custódia para o material que é produzido e processado por meio da cadeia de valor do alumínio em diversos setores.

 

Os padrões ASI são aplicáveis em toda a cadeia de fornecimento, da mineração aos produtos transformados, que utilizem alumínio em seus produtos.  Todos os membros atuais ASI, nas categorias “Produção e Transformação” e “Usuários Industriais” atuam com o intuito de obter e manter suas certificações ASI visando os próximos dois anos.  Os membros ASI estão listados no link https://aluminium-stewardship.org/about-asi/current-members/

 

Sobre a ASI

A Aluminium Stewardship Initiative (ASI) é uma organização global, composta por diversas partes interessadas, sem fins lucrativos e focada na definição e certificação de padrões.  Sua atuação gira em prol de produção, fornecimento e gestão responsáveis do alumínio, seguindo uma abordagem plena de cadeia de valor. Para este fim, a ASI lançou seus Padrões de Performance e de Cadeia de Custódia em dezembro de 2017.

 

Os 200 membros da ASI são organizações de ponta da sociedade civil, empresas com atividades de mineração de bauxita, refino de alumina, fundição de alumínio, semi-fabricação, manufatura de produtos e componentes, bem como bens de consumo e comerciais, incluindo a indústria automotiva, de construção e de embalagens, associações da indústria e outros apoiadores.

 

A ASI continua a buscar engajamento com entidades comerciais e stakeholders da cadeia de valor do alumínio no mundo todo.  As organizações interessadas em se filiar são convidadas a conhecer mais sobre a estrutura de filiação em como se afiliar.

 

Sobre a CBA

Desde 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) produz alumínio de alta qualidade de forma integrada e sustentável.

Com capacidade instalada para produzir 100% de energia vinda de hidroelétricas próprias, a CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Em estreita parceria com seus clientes, a CBA desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor.

A CBA está bem perto de você. Acesse: www.cba.com.br.

 

Mais informações para imprensa | FleishmanHillard

Ana Matos – (11) 3185.9913 ou 98142.7740 | ana.matos@fleishman.com.br

Raphael Ferrari – (11) 97680.2324 | raphael.ferrari@fleishman.com.br