CBA Alumínio

mai qua, 2020

CBA dá seguimento à implementação do Plano de Ação Emergencial das barragens de Niquelândia

Comissão Mista teve 4º encontro para definir ações do plano de emergência
das barragens do Jacuba e Mosquito

Na última quarta-feira (20), a CBA – Companhia Brasileira de Alumínio realizou o quarto encontro da Comissão Mista, que acompanha a implementação do Plano de Ação Emergencial (PAE) das barragens do Jacuba e Mosquito, em Niquelândia. Participaram da reunião representantes do Corpo de Bombeiros (Defesa Civil) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, por videoconferência.

“Realizamos esse trabalho em cooperação com todas as partes envolvidas na responsabilidade de entrega de um Plano de Ação Emergencial seguro e eficaz para a população de Niquelândia”, destacou o Robson Luis Patricio, consultor de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSMA) da CBA.
Na reunião, foi informada a instalação de nove sirenes na chamada Zona de Autossalvamento (ZAS), área de influência direta das barragens, em que os habitantes receberão orientações para a participação, previsto para o mês de julho, de um simulado de situação de emergência.

As sirenes têm o objetivo alertar a população em caso emergencial. Além disso, foram apresentados os pontos de encontro validados pela Defesa Civil, para onde serão direcionados os moradores da ZAS.

Segurança

A cada reunião, a Comissão acompanha as avaliações do sistema integrado de monitoramento e gestão das barragens, que estabelece critérios de pontuação do estado de conservação das estruturas. Conforme o sistema, ambas as barragens localizadas na Unidade Niquelândia têm sido classificadas mensalmente, no período dos últimos 12 meses, com condição satisfatória, ou seja, a melhor avaliação estabelecida pelo sistema.

Estratégia

O plano de ação do Simulado está dividido em cinco fases: a primeira foi a do cadastramento de imóveis e da população presente na Zona de Autossalvamento. A segunda fase foi a de definição e validação dos pontos de encontro e rotas de fuga, a partir de resultado de estudo técnico conduzido por consultoria especializada e aprovação do Corpo de Bombeiros.
A terceira fase contempla o mapeamento e análise dos públicos envolvidos, quando são levantadas as necessidades específicas para colocar em prática a etapa de treinamentos para o autossalvamento. Na quarta etapa, será realizada a análise das partes envolvidas e iniciado o Plano de Comunicação. Por fim, é realizado o Simulado. Conforme cronograma de implementação das ações, a próxima reunião da Comissão Mista está prevista para junho.

Quem faz parte da Comissão Mista:

CBA: gerente industrial da Unidade, representantes das áreas de Segurança e Meio Ambiente, e Comunicação.
Niquelândia: representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e do Corpo de Bombeiros Militar (Defesa Civil).

Sobre a CBA

Desde 1955, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) produz alumínio de alta qualidade de forma integrada e sustentável.
Com capacidade instalada para produzir 100% de energia vinda de hidroelétricas próprias, a CBA minera a bauxita, transforma em alumínio primário (lingotes, tarugos, vergalhões e placas) e produtos transformados (chapas, bobinas, folhas e perfis). Em estreita parceria com seus clientes, a CBA desenvolve soluções e serviços para os mercados de embalagens e de transportes, conferindo mais leveza, durabilidade e uma vida melhor.

A CBA está bem perto de você. Acesse: www.cba.com.br.